SEJA BEM-VINDO AO NOSSO SITE!

A OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos, é a associação de direito público representativa dos Engenheiros Técnicos, com estatuto aprovado pelo Decreto-Lei n.º 349/99, de 2 de setembro, alterado sucessivamente pela Lei 47/2011, de 27 de junho, e pela Lei n.º 157/2015, de 17 de setembro.

 

Mensagem de Boas Festas

 

Bastonário OET

Caras e Caros Colegas,

Este ano foi certamente um ano muito difícil quer a nível pessoal quer a nível profissional para todos nós. A pandemia que o mundo atravessa veio testar as nossas forças e capacidades de olhar para o futuro de uma forma determinada e corajosa. E os Engenheiros Técnicos mostraram à sociedade civil e aos decisores políticos um enorme sentido de responsabilidade, provando uma vez mais, a importância do seu papel no desenvolvimento da engenharia em Portugal.

A defesa da necessidade premente da participação ativa dos Engenheiros Técnicos nos locais onde vivem ou trabalham, no cumprimento do nosso dever de contribuir para o bem-estar das populações é fundamental também para o progresso do país.

Para o ano de 2021 fica o desafio de não pactuar com os supremacistas, que continuam a tudo fazer para impedir que a OET possa ser membro do Conselho Nacional das Ordens Profissionais (CNOP), da Federação das Associações de Engenheiros de Língua Portuguesa (FAELP) e de outras organizações, que pela sua natureza deveriam integrar todas as ordens profissionais.

Mas, infelizmente, estes supremacistas que ainda têm influência nos bastidores das decisões, continuam a tudo fazer de impedir que os Engenheiros Técnicos sejam reconhecidos, por exemplo, no acesso aos lugares de chefia na função pública, por via de uma lei, a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LGTFP), que não só impede que os Engenheiros Técnicos acedam aos lugares de chefia, mas igualmente impede que os Engenheiros Técnicos bacharéis acedam aos concursos de admissão à função pública.

Estamos determinados em continuar a lutar para que pessoas que não Engenheiros Técnicos ou Engenheiros possam praticar atos de engenharia. As Ordens Profissionais não podem continuar a gastar as suas energias em efemérides mais ou menos supérfluas, enquanto os seus membros no terreno todos os dias vêm os seus atos (que lhes deviam ser reservados) usurpados por pessoas sem formação em engenharia. Esta frase encerra em si três dimensões fundamentais: a) A defesa do consumidor final b) A defesa dos atos que só os seus membros deveriam poder praticar c) A dignificação da Função Pública.

É por isso que somos, com orgulho, Engenheiros Técnicos.

A Ordem continuará a seguir o caminho de prestígio que tem percorrido e que hoje nos dá a certeza de ter na OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos, uma associação que defende intransigentemente a Engenharia e a sua prática pelos Engenheiros Técnicos.

Continuaremos a dignificar o exercício da engenharia em Portugal e a promover o prestígio da classe dos Engenheiros Técnicos.

O próximo ano será de novos desafios e certamente novas conquistas,  Neste final de ano quero lembrar todos os nossos Colegas falecidos e que nos acompanharam ao longo de muitos anos ajudando a construir esta Ordem Profissional.

Mas os tempos são difíceis, por isso desejo a todos Boas Festas e um Feliz Ano Novo, com muita saúde e que conjugados com a realização pessoal nos dará esperança e alegria para o novo 2021, porque o resto nós SABEMOS FAZER.

Saber fazer, fazer bem e à primeira.

 

O Bastonário

Augusto Ferreira Guedes

 

Bastonário OET Augusto Ferreira Guedes

Dia do Engenheiro Técnico – 02 de setembro

 

Caras e Caros Colegas

Passam hoje 21 anos desde a publicação do Estatuto de Associação Pública dos Engenheiros Técnicos (através do Decreto-Lei nº 349/99, de 2 de setembro, tendo este desejo sido, posteriormente, reforçado com a redenominação para OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos através da Lei n.º 47/2011, de 27 de junho, alterada e republicada pela Lei n.º 157/2015, de 17 de setembro) e 168 anos da existência destes profissionais.

Esta data é de uma importância extrema, pois marca o início do fim de um processo de estigmatização a que estavam votados os Engenheiros Técnicos desde 1911.

Para assinalar este dia, será votado nos próximos dias 12 e 19 de setembro o novo Regulamente de Registo e Inscrição na OET e o novo Regulamento de Atribuição do Título de Engenheiro Técnico Especialista que pensamos pôr definitivamente para trás os medos de sermos nós mesmos: os que fazemos bem e à primeira.

É deste modo que continuaremos a dignificar o exercício da engenharia em Portugal e a promover o prestígio da classe dos Engenheiros Técnicos.

O primeiro dever do Engenheiro Técnico é possuir uma boa preparação científica e técnica, de modo a desempenhar absolutamente as funções que lhe forem confiadas, contribuindo para o progresso da engenharia, tendo sempre presente que, o fim último da sua atividade, é a promoção económico-social da comunidade em que se integra. A inserção do Engenheiro Técnico no mundo do trabalho exige que ele complete, desenvolva e atualize a sua formação humanística, de forma a poder tomar uma posição esclarecida nas questões político-sociais.

Ao longo da sua existência, esta profissão registou diversas designações, tendo a atual denominação de Engenheiro Técnico sido adotada pelo legislador, pela primeira vez no Decreto-Lei nº 830/74, de 31 de dezembro, cujo preâmbulo, a propósito da então operada conversão dos institutos industriais em institutos superiores de engenharia, consta que ao bacharelato conferido por estes novos estabelecimentos de ensino    “…fica a corresponder o título profissional de Engenheiro Técnico, de uso já generalizado”, tendo este princípio informador sido concretizado através da especificação, constante no nº 1 do artigo 3º deste diploma legal, de que aos bacharéis e licenciados correspondem, respetivamente, os títulos de Engenheiro Técnico e de Engenheiro. Enfrentando e superando vicissitudes várias, próprias da evolução da sociedade e da dinâmica dos novos desafios com que se confronta a engenharia em permanência, os Engenheiros Técnicos e as suas organizações representativas, sindicatos e associações, sempre pautaram a sua atuação tendo em conta, quer a razão de ser da profissão de Engenheiro Técnico quer o imperioso objetivo de assegurar sem interrupção o seu contributo para o progresso da sociedade.

> 2 de setembro é importante, por ser o dia em que um dos últimos tabus da sociedade portuguesa é derrubado com a aprovação do 1.º curso de medicina numa universidade privada.

> 2 de setembro, é um dia importante para a Engenharia Portuguesa pelos motivos que referi anteriormente.

 

Quero assim, agradecer a todos estes profissionais o contributo dado ao desenvolvimento do nosso país e para o prestígio da nossa Ordem.

Mas os tempos são difíceis, por isso desejo a todos muita saúde e muito trabalho, porque o resto nós SABEMOS FAZER.

 

Augusto Ferreira Guedes

Bastonário

Projeto METABUILDING
Data : 8 Janeiro 2021 | Hora : 11:27

Até € 5.000 disponíveis para PMEs inovadoras | Abertura da 1ª convocatória METABUILDING

A primeira convocatória do projeto METABUILDING foi publicada no passado dia 1 de dezembro de 2020. As PME dos setores da construção, digital, manufatura aditiva, economia circular ou soluções baseadas na natureza poderão receber até € 5.000 em apoio à sua inovação.

O objetivo do projeto H2020 METABUILDING é impulsionar a inovação das PMEs da construção, através da colaboração com outros setores mais inovadores.

A convocatória SEED destina-se a PMEs nos seis países-alvo do projeto: Portugal, França, Itália, Espanha, Áustria e Hungria. Esta primeira convocatória irá financiar até 5 000 € por projeto de PMEs, cujos processos de inovação têm aplicação no setor da construção e com aplicação nas áreas de manufatura aditiva, economia circular, soluções baseadas na natureza e digital.

Podem ser apoiados tipos de serviços, tais como, mentoria para inovação; análise de direitos de propriedade intelectual; análise técnica e assistência; identificação de parcerias ou tecnologias inovadoras; obtenção de informação: parcerias e tecnologias; elaboração de planos de negócio transetoriais; elaboração de estudos de mercado.

As PMEs poderão submeter as suas candidaturas entre 15 de dezembro de 2020 e 30 de janeiro de 2021 (candidaturas submetidas em inglês em www.metabuilding.com)

As candidaturas serão avaliadas em cada país por um júri composto por especialistas independentes. Esses júris nacionais irão apresentar suas classificações ao comitê de avaliação METABUILDING (composto por membros do júri dos seis países-alvo), que tomará as decisões finais de financiamento.

Os vencedores serão anunciados a 15 de fevereiro de 2021.

Para mais informação, consultar o website www.metabuilding.com ou enviar mensagem para helpdesk-portugal@metabuilding.com.

Aceda aqui à respetiva apresentação

Ler mais
Protocolo com o SNEET
Data : 4 Janeiro 2021 | Hora : 16:19

Foi celebrado no dia 29 de outubro de 2020 um protocolo com o Sindicato Nacional dos Engenheiros, Engenheiros Técnicos e Arquitetos que visa, essencialmente, proporcionar aos membros da OET o apoio jurídico em assuntos de natureza laboral.

A OET tem como atribuições a defesa da engenharia e da profissão de engenheiro técnico pelo que não tem competências de natureza laboral.

Assim, com o referido protocolo, todos os membros da OET podem usufruir desse apoio, bastando para tal identificar-se perante o SNEET como membro da OET, através da apresentação da declaração modelo 156 ou da carteira profissional (cartão da OET).

As informações relativas ao SNEET podem ser obtidas a partir de sneet.pt

Ler mais
Curso de formação «Introdução aos Eurocódigos Estruturais» – 5.ª edição
Data : 11 Dezembro 2020 | Hora : 14:10

O ISEL está a organizar a 5.ª edição do curso «Introdução aos Eurocódigos Estruturais», com início em 10 de fevereiro de 2021 e programa detalhado em: https://sites.google.com/view/cursoeurocodigos/

A realização deste curso é oportuna, em virtude da substituição iminente da regulamentação nacional de estruturas pelos Eurocódigos, conforme publicado em Diário da República (Despacho Normativo n.º 21/2019). O referido Despacho estabeleceu um período de transição que termina em 2022, após o qual a regulamentação em vigor será revogada e os Eurocódigos passarão a ser de uso obrigatório.

Esta edição do curso será realizada integralmente à distância, o que facilitará a participação de colegas de diferentes partes do país.

Os membros da OET usufruirão de um desconto de 10% sobre o valor da inscrição.

Ler mais
AICOPA – Boletim Informativo “Construção e Materiais”
Data : 7 Dezembro 2020 | Hora : 10:06

A AICOPA – Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas dos Açores – publicou o seu boletim informativo “Construção e Materiais” n.º 149, de novembro de 2020.

Aceda aqui ao boletim “Construção e Materiais“.

Ler mais
AICOPA – Boletim Informativo “Construção e Materiais”
Data : 11 Novembro 2020 | Hora : 17:21

A AICOPA – Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas dos Açores – publicou o seu boletim informativo “Construção e Materiais” n.º 148, de outubro de 2020.

Aceda aqui ao boletim “Construção e Materiais“.

Ler mais