SEJA BEM-VINDO AO NOSSO SITE!

A OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos, é a associação de direito público representativa dos Engenheiros Técnicos, com estatuto aprovado pelo Decreto-Lei n.º 349/99, de 2 de setembro, alterado sucessivamente pela Lei 47/2011, de 27 de junho, e pela Lei n.º 157/2015, de 17 de setembro.

IV Encontro Nacional de Infraestruturas de Informação Geográfica (ENiiG 2019)
Data : 25 Junho 2019 | Hora : 17:30

A Direção-Geral do Território (DGT) e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) organizam em conjunto o IV Encontro Nacional de Infraestruturas de Informação Geográfica (ENiiG 2019).

Este evento decorrerá no Porto a 4 de julho e será subordinado ao tema Informação Geográfica em Portugal: da produção à partilha

A edição 2019 deste ano terá um carácter transversal, abordando assuntos que vão desde as temáticas relacionadas com a produção de informação geográfica até à forma como esta é disponibilizada aos utilizadores em infraestruturas de informação geográfica.

Será apresentado publicamente o novo Geoportal do Sistema Nacional de Informação Geográfica (SNIG) e, procurando dar sequência aos assuntos abordados no último ENIIG, aprofundar-se-á a estratégia para envolver a Administração Pública Local no desenvolvimento do SNIG.

O programa do IV ENiiG 2019  contemplará, igualmente, apresentações sobre o novo enquadramento legal que estabelece os princípios e as normas a que deve obedecer a produção cartográfica e as novas especificações técnicas para a cartografia topográfica nacional.

Será ainda apresentada a nova cobertura de ortofotos de Portugal continental, produzida a partir da cobertura aerofotográfica digital de 2018, a qual foi  adquirida pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I. P. e financiada pelo Fundo Florestal Permanente.

O ENiiG 2019 constitui um local de partilha de conhecimento e debate de ideias por parte de todos os que em Portugal, no âmbito das suas atividades profissionais, lidam com informação geográfica.

A participação no ENiiG 2019 é gratuita para todos os interessados mas sujeita a uma inscrição prévia.

Aceda aqui para mais informações e inscrição.

Contactos
Direção-Geral do Território
Rua Artilharia Um, 107
1099-052 Lisboa, Portugal
Telefone (+351) 21 381 96 00   |   Fax (+351) 21 381 96 99   |   www.dgterritorio.gov.pt
E-mail: dcri@dgterritorio.pt

 

Ler mais
Tekla Structures Steel Detailing
Data : 25 Junho 2019 | Hora : 12:13

O CEmpA Centro Empresarial dos Açores em parceria com a CESAE pretende realizar, na cidade da Ribeira Grande, uma edição da formação em epígrafe, com a calendarização abaixo indicada.
As ferramentas informáticas são hoje fundamentais na realização de projetos de engenharia civil, sendo o mercado muito exigente em relação às competências informáticas de cada um, indispensáveis para atuais e futuros projetistas de engenharia civil. Esta formação confere aos novos utilizadores de Tekla Structures competências na modelação e trabalho nos mais variados tipos de estruturas e, a partir daí, a criação de listagens e desenhos de projeto e fabrico. Esta formação confere ainda a possibilidade de conhecer o fluxo de trabalho entre o Tekla Structures, os softwares de análise e dimensionamento e o processo de produção.

Objetivos:
O objetivo desta formação é proporcionar e dotar os novos utilizadores de Tekla Structures de conhecimento de ferramentas e funcionalidades BIM de modo a que obtenham uma plena base de trabalho e com ela possam explorar e aumentar os seus conhecimentos de modelação.

Conteúdos programáticos:

Iniciação ao Tekla Structures;
Criação de novos modelos;
Hipóteses de modelação, single e multiuser;
Familiarização com todo o sistema, pastas e ficheiros do Tekla Structures;
Grelhas de trabalho;
Criação de vistas, planos de corte, planos de trabalho e áreas de trabalho;
Menus de peças de aço e peças de betão;
Menus de selecção;
Interoperabilidade entre o Tekla Structures e outros softwares;
Modelos de referência IFC, DXF, DWG, PDF, importação e exportação;
Criar e modificar estruturas, cortes, chanfros, mover, copiar, dividir, combinar;
Catálogo de perfis;
Catálogo de materiais;
Pontos e linhas auxiliares;
Parafusos;
Soldaduras;
Catálogo de componentes;
Aplicação de filtros;
Numeração das peças;
Conceitos essenciais de desenho:
Tipos de desenhos;
Trabalhar os vários conteúdos dos desenhos;
Associabilidade entre desenhos;
Marcas de peças;
Marcas de parafusos;
Marcas de soldaduras;
Detalhes;
Cotagem;
Revisões e anotações;
Exportação e impressão de desenhos;
Criação de listagens;
Criação de ficheiros CNC para fabrico;
Criação de um fluxo de informação do projeto à produção.

Formador:
António Marinho (Engenheiro Civil).

Data/horário:
23 de setembro de 2019, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00;
24 de setembro de 2019, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00;
25 de setembro de 2019, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Duração:
24 Horas

Investimento:
350€, liquidado no ato de inscrição.

Destinatários:
Engenheiros Civis ou de outras especialidades;
Estudantes de Engenharia;
Desenhadores;
Preparadores de obra;
Outros técnicos ou profissionais interessados.

Requisitos / Pré-Requisitos:
Os participantes devem saber ler desenho técnico e possuir uma breve noção sobre estruturas e projeto/preparação.
Os participantes deverão trazer o seu próprio equipamento (computador portátil), software AutoCAD, ou equivalente, e Tekla Structures (será disponibilizada uma versão gratuita aquando da realização da formação).

Mais informações e inscrições em: https://forms.gle/3GeeU9nYkUDoHCqeA

Ler mais
Campanha Sócio INATEL – 24h loucas
Data : 19 Junho 2019 | Hora : 11:20

 

Condições 24 horas loucas:

  • Válido apenas para sócios INATEL para reservas em setembro e outubro 2019, exceto épocas festivas;
  • Sujeito a confirmação de disponibilidade;
  • Válido para estadias no máximo de 4 noites consecutivas em regime de alojamento e pequeno-almoço;
  • O desconto incide sobre a tarifa máxima de sócio, constante da brochura de preços 2019;
  • As reservas ao abrigo desta campanha são em tarifa não reembolsável, com pagamento integral no ato da reserva;
  • Não acumulável com outras promoções/descontos/ofertas;

Consulte as condições da campanha.

Aceda aqui ao site INATEL.

Ler mais
5ª Conferência Internacional WASTES: Solutions, Treatments and Opportunities
Data : 23 Abril 2019 | Hora : 14:47

A 5ª Conferência Internacional WASTES: Solutions, Treatments and Opportunities decorrerá entre os dias 4 e 6 de Setembro de 2019, no TRYP Lisboa Caparica Mar Hotel, na Costa da Caparica, Almada.

A Wastes 2019 pretende oferecer aos participantes um espaço privilegiado e de referência para a apresentação, esclarecimento, debate e permuta de ideias, centradas nas exigências, mudanças, desafios, soluções e oportunidades que se colocam ao setor da gestão de resíduos.

O programa do evento inclui a realização de sessões plenárias por oradores convidados e de sessões paralelas de natureza técnica e científica, de autores nacionais e internacionais. Estas sessões serão subordinadas, mas não restritas, às seguintes temáticas: resíduos enquanto materiais de construção, resíduos como combustíveis, tecnologias de tratamento de resíduos, gestão de resíduos sólidos urbanos, reciclagem e recuperação de materiais, aspetos ambientais, económicos e sociais da gestão de resíduos, análise de ciclo de vida, economia circular e biorrefinarias, e logística, políticas, restrições regulamentares e mercados na gestão de resíduos. Adicionalmente, a edição de 2019, visando promover a interação entre a comunidade científica e o tecido empresarial, incluirá uma sessão especificamente destinada à indústria, no sentido da apresentação de boas práticas e casos de sucesso que resultem de uma forte colaboração entre academia e empresas.

Aceda aqui ao Folheto e à página do evento.

Informações:

Secretariado Wastes 2019

Telef. 253 510 033 | E-Mail: secretariat@wastes2019.org

 

 

Ler mais
Informação – Aprovação de Projetos de Instalações Elétricas de Serviço Particular
Data : 29 Janeiro 2019 | Hora : 18:17

Este esclarecimento deve ser entendido como um contributo dos autores à interpretação das cartas endereçadas pela EDA aos municípios da RAA, como atuará nas situações de pré-viabilidades no âmbito do DL 555/99 (RGEU) e contratação de novas ligações ou aumentos de potência. Cada técnico/entidade projetista e instaladora deve interpretar o tipo de instalação/solução a intervir, e cumprir com os regulamentos e legislação em vigor.

“A publicação do DL 96/2017, de 10 agosto, alterada pela Lei 61/2018, de 21 de Agosto, introduziu algumas alterações, sobre a elaboração de projetos de instalações elétricas de serviço particular tipo C, nomeadamente a obrigatoriedade de existência de projeto elétrico, para potências superiores a 10,35 kVA, por técnico devidamente habilitado pela respetiva associação profissional, e conforme previsto no estatuto TRIESP da RAA.

De acordo com a legislação em vigor, compete aos técnicos habilitados à função de projetista, a responsabilidade pela elaboração e subscrição dos respetivos projetos, bem como garantir o cumprimento da legislação e regulamentos associados. Após a execução da empreitada, todas as instalações elétricas do tipo C deverão possuir declaração de inspeção (se a potência instalada for superior a 6,9kva), a emitir por entidade competente, e/ou termo/declaração de responsabilidade pela execução e/ou exploração, conforme legalmente exigível (para os restantes casos).

Face ao exposto, e considerando que não existe na RAA  entidades inspetoras de instalações elétricas, e não compete ao Operador da Rede de Distribuição (EDA) a aprovação de projetos de instalações de elétricas de serviço particular tipo C, foi enviado a todos os municípios da RAA, responsáveis pela cedência dos títulos de autorização administrativa (alvará, licença de utilização, etc.), uma missiva identificando que o pedido de viabilidade prévio de uma determinada instalação elétrica deve vir acompanhado de ficha eletrotécnica e planta de localização, para potências até 6,9 kVA, e ficha eletrotécnica, termo de responsabilidade pelo projeto e planta de localização, para potências superiores a 6,9 kVA. Igual procedimento deverá ser considerado nos processos de aumento de potência ou contratação de fornecimento de energia elétrica, excetuando-se as instalações de carácter provisório como pedidos de fornecimento de energia para obras, eventuais/festivas, etc.

No que concerne aos projetos de instalações elétricas de serviço particular tipo A e B, e as instalações elétricas de serviço público, mantêm-se os normativos e procedimentos atualmente em vigor.”

Autores: Mário Martins e Carlos Martins

Ler mais